RESTAURANTE

AIZOMÊ
10.06.2019
AIZOMÊ



O restaurante AIZOMÊ, da chef Telma Shiraishi, acompanha a proposta da Japan House São Paulo de mostrar a contemporaneidade e a diversidade do Japão, incluindo a vertente gastronômica. O menu, que reflete a cozinha delicada e autoral da chef, mescla preparações equilibradas em receitas quentes e frias. A utilização dos melhores produtos do campo e do mar são baseados em um extenso trabalho de pesquisa e curadoria de ingredientes, produtores e fornecedores comprometidos com qualidade e dedicação ao ofício.

Foto: Rubens Kato

No cardápio, a chef Telma aposta no conceito dos settos – um conjunto de pratos variados que compõem uma refeição completa, equilibrada e saborosa. Um setto tem como base o gohan (arroz japonês), o misoshiru ou outro caldo e tsukemono. A isso acrescenta-se uma sugestão do dia, com opções variadas de carnes, peixes ou vegetarianas - de acordo com os ingredientes da estação, e completa-se o conjunto com pequenas porções de acompanhamentos.

Setto de peixe do dia
Foto: Rubens Kato

Outras opções são os tradicionais udon (massa japonesa de trigo em grossos fios) e o soba (massa fina de trigo sarraceno japonês), servidos em caldo frio ou quente e com várias sugestões de complementos. Pratos de sushi e sashimi também têm seu lugar no cardápio, mas com a proposta do AIZOMÊ de sempre privilegiar os peixes e frutos do mar de pesca responsável e sustentável. Um destaque nesse capítulo é o chirashizushi – tigela de arroz temperado para sushi coberto pela seleção do dia de pescados e seus acompanhamentos.
 
Udon
Foto: Rubens Kato


Chirashizushi
Foto: Rubens Kato




O restaurante também oferece opções do versátil donburi – uma tigela com arroz coberto por preparações saborosas como frango teriyaki ou gyudon de wagyu, além de sugestões vegetarianas.

Outro capítulo que merece atenção especial é o das sobremesas. O AIZOMÊ sempre primou por uma caprichada carta de doces e sorvetes dentro do conceito de yogashi – a versão japonesa de preparações da confeitaria ocidental executadas com mais leveza e frescor, mescladas a sabores e ingredientes tipicamente japoneses - e aqui não poderia ser diferente.


Pudim de Yuzu
Foto: Rubens Kato


Além de uma carta variada de bebidas, o restaurante também serve chá japonês e água - com e sem gás - à vontade por um valor fixo, sem o uso de garrafinhas plásticas. A preocupação por um futuro mais sustentável está na adoção de novos modelos de trabalho e de serviço.

Mottainai – expressão em japonês que transmite a sensação de pesar em relação ao desperdício; omotenashi – a arte da hospitalidade japonesa; e ofukuro no aji – sabor de comida de mãe ou gostinho caseiro, são termos que a chef Telma Shiraishi menciona ao explicar os conceitos do AIZOMÊ na Japan House São Paulo.

Outra curadoria importante - essa em parceria com os principais ceramistas nipo-brasileiros, é a composição do enxoval de utilitários do restaurante, em harmonia com a marca da chef de dispor suas receitas em peças assinadas por renomados artistas e artesões, na melhor expressão do conceito japonês de moritsuke – a habilidade em apresentar o alimento de forma tão atraente quanto seu sabor.

Todos os elementos e aspectos mais importantes da cultura alimentar e especialidades japonesas são apresentadas em pratos ou cardápios temáticos, sazonais ou comemorativos, em harmonia com as exposições da Japan House São Paulo e das manifestações gastronômicas festivas do Japão.

--

AIZOMÊ na JAPAN HOUSE São Paulo
Avenida Paulista, 52 – Bela Vista (2º andar)
Inauguração: 23 de abril de 2019
Soft opening: 16 de abril de 2019
Terça-feira a domingo | Almoço das 12h às 17h