PALESTRA

HISTÓRIA E CULTURA DA MEDICINA KAMPO
PALESTRA
HISTÓRIA E CULTURA DA MEDICINA KAMPO


A Fundação Japão e a JAPAN HOUSE São Paulo organizam a palestra “História e Cultura da Medicina Tradicional Japonesa, a Medicina Kampo” em comemoração ao lançamento do primeiro livro escrito em português sobre o tema.

“Dicas Clínicas da Medicina Kampo” é de autoria do médico Kenji Watanabe, professor titular e diretor do Ambulatório Kampo Center, do Hospital Universitário da Faculdade de Medicina da Keio University (Tokyo). A tradução para o português foi realizada pelo Kistec - Kanagawa Institute of Industrial Science and Technology e contou com revisão médica de Kazusei Akiyama, doutor em medicina pela Universidade de São Paulo e fellow da The Japan Society for Oriental Medicine. Por se tratar de uma iniciativa com fundos governamentais japoneses, o livro será distribuído gratuitamente em formato de e-book.

Para comemorar o lançamento, haverá uma palestra na JAPAN HOUSE São Paulo, onde será divulgada a distribuição gratuita. A palestra decorrerá sob o tema “História e Cultura da Medicina Tradicional Japonesa, a Medicina Kampo”, sendo a primeira parte um vídeo-palestra do professor Watanabe, especialmente gravado para o evento e a segunda, uma palestra do Dr. Akiyama.

Akiyama explica que “o livro em si é um guia voltado para médicos, mas como o assunto é desconhecido pelos médicos brasileiros, faremos uma palestra focada no aspecto histórico, cultural e principalmente, como a associação entre a medicina ocidental e a tradicional vem trazendo resultados benéficos para a sociedade japonesa. A cultura japonesa facilitou a integração entre as medicinas ocidental e kampo.”

//

No Japão, há muitos anos, vem sendo praticada a integração entre as medicinas ocidental e a tradicional japonesa, chamada “kampo medicine”. A medicina tradicional japonesa é uma escola da Medicina Tradicional Chinesa, introduzida no Século 4 DC e desenvolvida no Japão, com acréscimo da cultura do país. Essa prática teve enorme avanço em 1976, quando as medicações utilizadas na kampo medicine passaram a ser cobertas pelo sistema nacional de saúde. Desde então, ela vem conquistando cada vez mais adeptos, chegando a ser utilizado por mais de 90% dos médicos, dependendo da especialidade. Atualmente, todas as escolas médicas nipônicas oferecem ensino em kampo medicine no curso de graduação.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, uma das tendências da prática médica atual, a medicina integrativa é a conjunção, de maneira coordenada, da medicina “ocidental” com práticas não-convencionais. Esse fenômeno vem sendo observado cada vez mais desde a década de 2000, devendo-se grandemente ao avanço da mentalidade e do ativismo dos usuários do sistema de saúde, os pacientes. Existe busca de profissional que cuide da sua saúde de forma integral e não somente um médico que trate da doença. Também, a modificação da estrutura dos problemas de saúde, com o aumento de doenças crônicas, bem com o envelhecimento da população, traz novos desafios para a medicina convencional. Tanto o autor do livro, como o revisor médico, esperam que a Medicina Kampo possa contribuir e ser um instrumento para atender a esses desafios.

//

As palestras são uma iniciativa da Fundação Japão em conjunto com a JAPAN HOUSE São Paulo e terão entradas gratuitas.

--

Data: 03 de julho de 2018 (terça-feira)
Horário: 19:00 Local: Japan House - Sala de seminário.
Av. Paulista 52, São Paulo
Distribuição de senhas uma hora antes do evento.

Realização: Fundação Japão
Apoio: JAPAN HOUSE São Paulo
Contato: Fundação Japão: info@fjsp.org.br
  • Data
  • 03.07.2018
  • Horário
  • 19:00―
  • Local
  • JAPAN HOUSE São Paulo.
  • Preços
  • Gratuito / com retirada de senha / vagas limitadas