Abrir o índice

ENTREVISTAS

Kengo Kuma
Arquiteto. Professor do curso de pós-graduação da Universidade de Tóquio.
Nascido em 1954. Em 1990 fundou o Kengo Kuma & Associates. Entre as suas obras iniciais estão: mirante de Kirosan (1994), Água/Vidro (1995, recebeu o prêmio Benedictus de American Institute of Architects), palco de Noh Moributai / Dento Keishokan da cidade de Tome (1997, recebeu o prêmio de Architectural Institute of Japan), Museu de Arte Bato Hiroshige (2000, prêmio Nomura) e Great Bamboo Wall (Beijing, 2002).
Recentemente concluiu: Museu de Arte de Nezu (2009), Museu Yusuhara Wooden Bridge (2010), Asakusa Culture Tourist Center (2012), FRAC Marseille (2013) e Darius Milhaud Conservatory of Music, Aix en Provence (2013). Recebeu, entre outros, os prêmios de: Spirit of Nature Wood (2002, Finlândia) e International Architecture Awards for the Best New Global Design (2007). As suas obras “Antiobjeto”, “Arquitetura natural” e “Pequena arquitetura” foram publicadas em diversas línguas.